Contador de visitas

1 de mar de 2011

Fique por dentro!


Prefeitura Municipal de Joinville
Concursos Públicos


Concurso Público - Município de Joinville - Inscrições de 18/02 a 18/03/2011
Processo Seletivo ACT´s - Município de Joinville - Inscrições de 18/02 a 18/03/2011


Fonte - http://www.sociesc.org.br/pt/concursos

Curso LINUX EDUCACIONAL em fase de experimentação





Ainda em fase de ajustes o Ministério da Educação através da formação continuada, em breve lançará oficialmente o curso de LINUX EDUCACIONAL com uma linguagem simples e atrativa, que foi desenvolvido com vistas a potencializar os profissionais da educação no contexto escolar. Conheça a plataforma:

TECNOLOGIA EDUCACIONAL


Informática na Educação

Informáticana educação significa aplicar as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) nas práticaspedagógicas, ampliando os espaços de ensino e aprendizagem. Porém, também faz-se necessário que o professor proporcione condições favoráveis à construção do conhecimento e à reflexão sobre esse processo. Isso significa que não basta colocar o aluno em contato com a tecnologia, pois o simples acesso
às TICs não
garante a aprendizagem. É importante que o professor planeje sua prática e que essa contemple a exploração de diferentes fontes de pesquisa, privilegiando a reflexão, a construção, a autoria, a participação, a comunicação, a troca de ideias e o trabalho coletivo. Sem um planejamento para a inclusão das TICs na eucação, pode-se reproduzir uma prática calcada na mera transmissão e reprodução de conteúdos. Assista ao vídeo que apresenta essa situação. Outro aspecto importante a ser considerado é a preocupação que o professor deve ter sobre seu conhecimento acerca das TIC's, afinal, para propor uma prática permeada pelas tecnologias e que utilize todo o potencial que elas oferecem, é necessário, antes de tudo, conhecê-las de fato. O professor precisa ser um permanente pesquisador para poder articular os recursos tecnológicos com a prática educacional, fazendo do laboratório de informática uma extensão das
ações desenvolvidas em sala de aula. Vale destacar que os recursos tecnológicos não se resumem à conexão com a internet. Diferentes programas, aliados à criatividade, podem resultar em excelentes práticas educacionais. Leia o texto "O trabalho do professor e as novas tecnologias".

Práticas Pedagógicas

Pensar o uso pedagógico das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) não é simplesmenteincorporá-las ao planejamento como um mero instrumento de trabalho. É necessário pesquisar e refletir sobre essas ferramentas, sobre suas possibilidades práticas e como contextualizá-las no âmbito educacional.

Assim como existe uma boa parcela de alunos que domina as tecnologias, há também os que precisam ser inseridos digitalmente. Para os dois públicos, deve-se pensar e planejar, compreendendo que essas ferramentas influenciam diretamente suas vidas, seja em casa, no trabalho ou na escola. Por isso, a prática pedagógica do professor pode e deve ser construída com base em ações criativas, desenvolvendo estratégias com os recursos disponíveis na escola.

Nesse sentido, para realizar o planejamento e a integração das TICs, é preciso conhecer de fato os recursos que estão disponíveis na escola (materiais, recursos humanos e infraestrutura). Além disso, é preciso que o professor experiencie esses recursos ao fazer o levantamento dos softwares, ao selecionar os sites e os materiais disponíveis na rede. A finalidade é propiciar experiências prazerosas e significativas, buscando a reflexão crítica. Essa prática, pensada a partir desses critérios, poderá criar condições para uma aprendizagem colaborativa, cooperativa, desenvolvendo a autoria e a autonomia do aluno.
Curiosidade O educador Seymour Papert começou a utilizar computadores como instrumentos de aprendizagem na década de 60. Um dos conceitos fundamentais de Papert é que as tecnologias podem fornecer subsídios às crianças para uma construção ativa de novas possibilidades de aprendizagem. Leia mais sobre Seymour Papert.

Laboratório de Informática

Laboratórios de informática, são salas equipadas com computadores, geralmente conectados à Internet, que têm como objetivo apoiar processos de ensino e aprendizagem. A forma como as instituições os disponibilizam varia de acordo com seu projeto político-pedagógico. No entanto, é sempre bom que seja um local aberto a alunos, professores e comunidade. Isso porque os laboratórios de informática devem ser espaços que favoreçam a liberdade (sempre com responsabilidade e criatividade).

Computadores oferecem a possibilidade de utilizar diversos recursos, os quais podem ser utilizados para os mais variados fins educacionais: pesquisas, redação de trabalhos escolares, trabalhos em grupo etc. Porém, para que todos possam tirar proveito desses recursos, é importante que o laboratório de informática não seja uma alternativa para a falta de planejamento do professor nem um prêmio para o bom comportamento dos alunos, mas uma extensão da sala de aula e da biblioteca, um espaço democrático, prazeroso e de todos. Só assim a escola poderá formar parcerias com a comunidade, desenvolvendo projetos voltados para a mesma e contribuindo para diminuir a exclusão digital.

Por todas essas razões é importante que o professor esteja sempre presente para acompanhar e auxiliar os alunos. Também é importante que se aproprie dos recursos informáticos, o que significa dominar as tecnologias e não apenas ter acesso a elas. Somente apropriando-se desses conhecimentos é possível orientar os alunos, com vistas a maximizar interações e contribuir para um processo de questionamento, reflexão e construção do conhecimento.

Fonte - http://webeduc.mec.gov.br/linuxeducacional/curso_le/modulo1_1_5.html


Nenhum comentário: